Retrospectiva

Retrospectiva

Ideia Socioambiental reuniu um grupo de 29 especialistas para selecionar os fatos e personagens que fizeram a diferença –para o bem e para o mal – no ano passado
A eleição de Barack Obama para a presidência dos Estados Unidos e Fábio Barbosa, presidente do Santander Real e da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), foram respectivamente o fato e o personagem mais marcantes da sustentabilidade em 2008. Este foi o resultado de enquete realizada por Ideia Socioambiental com analistas do tema.
No final de 2008, seguindo o exemplo de sua parceira de conteúdos, a inglesa Ethical Corporation, a revista reuniu um grupo de repercussão formado por 29 especialistas (quatro estrangeiros), entre líderes, consultores, jornalistas, acadêmicos e formadores de opinião na área, aos quais dirigiu a seguinte pergunta: “Em sua opinião, quais foram os três personagens e os três fatos mais importantes de 2008 relacionados ao tema da sustentabilidade?” Não se pretendia estabelecer nenhum tipo de ranking, mas apenas lançar um olhar retrospectivo sobre um ano intenso e movimentado, procurando identificar quem e o quê o marcaram sob o ponto de vista do debate da sustentabilidade.
Em resposta à pergunta, cada convidado do painel poderia mencionar até três personagens e três fatos nacionais ou mundiais. Ao todo, foram 62 indicações de fatos e 74 personagens. Entre os fatos, houve destaque para um internacional e um nacional.
Como era de se esperar, a eleição do primeiro presidente negro dos EUA obteve nove menções. “Obama tem um forte Programa Apollo para impulsionar a economia por meio de iniciativas verdes como a weatherization retrofits (otimização de eficiência energética), investimentos em energia renovável, trânsito público e renovação de infra-estrutura”, justificou o canadense Bob Willard, autor de The Sustainability Advantage. “Ganhou pontos com a nomeação de pessoas como John Holdren para chefe de política científica e tecnológica da Casa Branca”, argumentou o inglês John Elkington, presidente da SustainAbility.
Já, como fato brasileiro, a suspensão da propaganda da Petrobras pelo CONAR teve oito lembranças. A considerar ainda quatro indicações para a retirada da empresa do Índice de Sustentabilidade Empresarial da Bolsa de Valores de São Paulo e um para a campanha pela redução da taxa de enxofre no diesel, o episódio Petrobrás foi, de longe, o mais lembrado pelo painel. Para a maioria dos entrevistados, o fato constituiu uma espécie de marco para o debate do tema. E a lição mais importante extraída do acontecimento é que, daqui por diante, frente à maior vigilância da sociedade civil, as empresas terão que ser mais cuidadosas na comunicação de seus compromissos e práticas.
Na sequência, mereceu destaque a saída da ambientalista Marina Silva do Ministério do Meio Ambiente. Para todos os que apontaram este como um dos fatos mais importantes de 2008, o argumento comum foi de que, dado o respeito internacional da ex-ministra, o governo emitiu um sinal importante para o mundo de descaso pelo tema da sustentabilidade.
Direta ou indiretamente o governo recebeu outras cinco menções, todas elas relacionadas, de algum modo, ao mesmo assunto. Três positivas (preparação de um plano de combate às mudanças climáticas e início da discussão de matriz energética), uma neutra (mais investimentos em energia renovável) e uma negativa (carbonização da matriz energética).

Inscreva-se em nossa newsletter e
receba tudo em primeira mão

Conteúdos relacionados

Entre em contato
1
Posso ajudar?