G8 no limite do aquecimento

G8 no limite do aquecimento

O recente estudo G8 Climate Scorecards, produzido pela organização WWF em parceria com a Allianz, traz a comparação de três grupos de indicadores que incluem “melhorias desde 1990”, “situação atual” e “políticas para o futuro” e revela uma visão geral das iniciativas mais importantes dos governos em relação às mudanças climáticas, buscando avaliar como os países estão colaborando para manter o limite do aquecimento em 2ºC.
Segundo o estudo da WWF, ainda há muito a ser feito e a maioria dos países permanecem silenciosos demais na discussão ou bloqueiam o processo de questões cruciais nas negociações climáticas.
A Alemanha lidera a classificação do estudo. Com metas de redução de CO2 em 40% até 2020, o país não só registrou queda nas suas emissões entre 1990 e 2000, como também tem tido êxito na promoção de novas fontes de energia renovável.
Entre as nações de pontuação mais baixa, o Canadá teve a pior colocação. Suas emissões continuam a aumentar e ainda estão muito acima das metas estabelecidas no Protocolo de Kyoto – que ficará totalmente fora de alcance de ser cumprido pelo país. Entre as nações em desenvolvimento do G5, que tiveram suas perspectivas avaliadas no estudo, o México se destacou com uma meta ousada de reduzir em 50% suas emissões até 2050.
Clique aqui e confira o estudo na íntegra.

Inscreva-se em nossa newsletter e
receba tudo em primeira mão

Conteúdos relacionados

Entre em contato
1
Posso ajudar?