Carreiras do Futuro para uma economia sustentável

Carreiras do Futuro para uma economia sustentável

No esforço de prospectar cenários, a Fundação Instituto de Administração (FIA), por meio de seu Programa de Estudos do Futuro, realizou recentemente um levantamento para identificar quais profissionais a sociedade demandará num horizonte de 10 anos – o estudo intitulado Carreiras do Futuro.
O documento indica que no campo dos novos valores da sociedade, a busca por melhor qualidade de vida e a preocupação com o meio ambiente serão aspectos importantes na definição das carreiras promissoras. De acordo com o documento, 26% dos especialistas acreditam que as pessoas desejarão cada vez mais ter uma vida saudável e equilibrada, demandando serviços que proporcionem comodidade.
Sete em cada dez entrevistados apontaram a gerência de eco-relações como a carreira mais promissora até 2020 de um grupo de seis em que se destacam também o Chief Innovation Officer, o Bioinformationist e o Gerente de Marketing e Comércio Eletrônico.
Outra tendência apontada pelo estudo da FIA diz respeito à corrida crescente por inovação, que deve se tornar mais intensa e mais abrangente não apenas em relação ao desenvolvimento tecnológico, mas também aos novos conhecimentos necessários para transformá-lo em negócios.
As maiores oportunidades, segundo 95% dos especialistas consultados, se concentram no setor de serviços, com ênfase especial em áreas como saúde, serviços para a terceira Idade e consultorias especializadas em sustentabilidade.
Para selecionar as carreiras, a FIA recorreu ao método Delphi de planejamento, normalmente recomendado para situações em que há escassez de dados históricos ou nas quais se deseja estimular a criação de novas ideias.
Confira o estudo Carreiras do Futuro na íntegra e entenda o método Delphi de planejamento

Inscreva-se em nossa newsletter e
receba tudo em primeira mão

Conteúdos relacionados

Entre em contato
1
Posso ajudar?