A revolução das certificações

A revolução das certificações


A marca é um dos componentes mais importantes e voláteis do patrimônio de uma companhia. Cada dólar investido na expansão desse ativo aumenta os riscos e desafios para a empresa no campo social e ambiental. Os sistemas de certificação, no entanto, podem mitigar esses riscos e ajudar as empresas a fidelizar clientes e conquistar novos mercados. É o que mostra Michael Conroy no livro “Branded – How the certification revolution is transforming global corporations”.
Conroy defende que a revolução das certificações resulta da combinação de três fatores: campanhas de marketing desenvolvidas para convencer as companhias a melhorar suas práticas; a criação de sistemas de certificação e a existência de líderes nas companhias convencidos da importância de rever processos e atitudes com vistas à sustentabilidade.
Segundo o autor, a revolução das certificações demonstra o poder da sociedade civil de criar novas regras de governança para as grandes companhias, além da legislação e regulamentação. Conroy define esse cenário como accountability socioambiental, uma nova etapa da responsabilidade social e sustentabilidade corporativa, caracterizada pelo comprometimento das companhias com padrões negociados por vários stakeholders.
O livro, publicado pela New Society Publishers, será lançado no Brasil em outubro pela editora WGB Editora.
Branded – How the certification revolution is transforming global corporations
Michael Conroy
320 páginas – US$19,95
www.newsociety.com

Inscreva-se em nossa newsletter e
receba tudo em primeira mão

Conteúdos relacionados

Entre em contato
1
Posso ajudar?