Lançamento oficial do EcoParade São Paulo 2011

Lançamento oficial do EcoParade São Paulo 2011

São Paulo receberá, com o apoio da secretaria do Verde e do Meio Ambiente, um movimento de intervenção urbana que utiliza arte e solução ambiental como ferramentas para sensibilizar e engajar os cidadãos no correto encaminhamento do lixo que não é lixo.

A partir de 18 de junho, a cidade de São Paulo será palco do movimento de conscientização para a educação ambiental, o ECOPARADE. Entre os dias 08 e 15 serão instaladas em oito parques da cidade de São Paulo 30 ECO BASES personalizadas por artistas de diferentes segmentos.

Trata-se de um movimento para construção de valor e transformação da relação das pessoas com a questão do lixo. A intervenção urbana promete chamar a atenção do público. O comitê curador é formado pela Re9 – empresa privada de educação para sustentabilidade -, Fabrício Dorado Soler, advogado especialista em gestão ambiental (USP), perito habilitado junto à Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo, Olívio Guedes – diretor do Mube (Museu Brasileiro de Escultura), Rafael Highraff, artista renomado com exposições em grandes galerias do mundo, Coletivo 132 – casa atelier que reúne artistas do grafite paulistano e internacional. Junto a eles, participa também a SP Urbanismo – Comissão Cidade Limpa, para garantir o modo de exibição de logomarcas e divulgação do evento, conforme prevê a lei.

Personalizadas por artistas do grafite, artistas plásticos e convidados, durante 90 dias as ECO BASES ficarão expostas em pontos estratégicos de São Paulo a fim de sensibilizar as pessoas ao correto encaminhamento dos resíduos.  Nesse período o serviço de coleta seletiva resgatará os resíduos nas ECO BASES e encaminhará paras as cooperativas de catadores que receberão gratuitamente e converterão em dinheiro para investir na qualificação profissional de seus cooperados. Os resíduos serão rastreados através de um serviço de auditoria ambiental que irá gerar relatórios publicados em diversos canais de comunicação.

Ao final do movimento as obras replicadas nas ECO BASES serão leiloadas e a renda revertida para entidades a escolha dos artistas.

ECO BASES

Os residuários serão “vestidos” por artistas da arte do grafite, artistas plásticos e os convidados responsáveis pelas casinhas interativas como a “Jardim vertical” exposta no parque Trianon, de Eleonora Lins, revestida de fibra de coco com capim e flores plantados e um borrifador para o público regar e a “lousa”, da própria Re9, em exposição no parque Ibirapuera com giz para as pessoas deixarem mensagens.

Artistas

Cena7, Dan Mabe, Dani Pusset, Daniel Boleta, Dodo, Eleonora Lins, Emilia Santos, Enivo, Izolg, Jerry Batista, Luciano Ogura, Luis Felipe Volpe, Marcio Moreno, Marina, Zumi, Mauro, Moises, Mundano, Nena, Ninguém Dorme, Prozac, Ramon Arzerra, Ricardo Pennino, Rodrigo Branco, Sinha, Sliks, Sola, Tche Ruggi, Tinho.

Serviços:

Quando: de 18 de junho até final de julho
Onde: Aclimação, Buenos Aires, Burble Max, Ibirapuera, Independência, Jardim da Luz, Trianon (Pontos Eco Base)

Mais informações:

Re9
www.re9reciclagem.com.br

Reclicagem:
www.reclicagem.com.br

MCAtrês Assessoria em Comunicação e Marketing
(5511) 3044-4471 / www.mcatres.com
Coordenadora: Renata Battaglia – renata@mcatres.com / (55 11) 8131-2892
Jornalista: Thais Yumi – atendimento2@mcatres.com

Inscreva-se em nossa newsletter e
receba tudo em primeira mão

Conteúdos relacionados

Entre em contato
1
Posso ajudar?