ISO 26000 a caminho

ISO 26000 a caminho

Com previsão de lançamento para o segundo semestre de 2010, a norma ISO 26000 ainda gera muitas dúvidas quanto a sua forma de aplicação e abrangência das temáticas que envolvem o conceito da sustentabilidade.
Para elucidar essas questões e promover o engajamento de stakeholders – que tem suas opiniões consideradas no documento final – ocorreu nos dias 11 e 12 de novembro, em São Paulo, o seminário “ISO 26000 – Norma Internacional de Responsabilidade Social”.
Promovido pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e a Petrobras, com apoio do Planeta Sustentável, o seminário abriu, para consulta pública, a última versão da norma.
“Nessa reunião ficou claro que a ISO 26.000 vai representar uma mudança de paradigma no longo prazo mostra o otimismo das empresas em relação à norma. E muitos participantes novos que não a conheciam integraram a discussão, o que é animador, pois mostra um envolvimento crescente das partes interessadas”, revela Ana Paula Grether Carvalho, representante da Indústria da Delegação Brasileira no grupo de trabalho internacional da ISO 26000.
O Brasil também ocupa a presidência do Comitê Mundial da norma, com Jorge Emanuel Cajazeira, gerente-executivo de Competitividade e Estratégia Operacional da Suzano Papel e Celulose e especialista em inovação e sustentabilidade no posto, além de Eduardo Campos de São Thiago, integrante da ABNT, ser responsável pela co-secretaria.  [img01] Com previsão de lançamento para o segundo semestre de 2010, a futura norma internacional de responsabilidade social, a ISO 26000, conta com uma forte participação do Brasil em sua elaboração: a presidência do Comitê Mundial da norma é ocupada por Jorge Emanuel Cajazeira – gerente-executivo de Competitividade e Estratégia Operacional da Suzano Papel e Celulose e especialista em inovação e sustentabilidade – e o brasileiro Eduardo Campos de São Thiago, da ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas, está responsável pela co-secretaria do Comitê. (Leia a entrevista Jorge Cajazeira explica a ISO 26000).
Por isso, debater as práticas definidas na ISO 26000 é especialmente importante para a sociedade brasileira. O seminário “ISO 26000 – A Norma Internacional de Responsabilidade Social”, promovido pela ABNT e pela Petrobras, com o apoio do Planeta Sustentável, nos dias 11 e 12 de novembro, em São Paulo, será uma boa oportunidade para isso. As inscrições podem ser feitas pelo site da ABNT.
Desde que a última versão da norma foi aprovada (leia o texto na íntegra, em inglês), antes de sua publicação, ela circula para voto e comentários nos países membro da ISO, como o Brasil. Em fevereiro, todos se reunirão para o voto final e a publicação.
Durante o seminário, os membros da Delegação Brasileira apresentarão a dinâmica da norma, em detalhes, para enriquecer as discussões mundiais. De acordo com os setores que representam, são eles:
SETOR INDUSTRIAL: Ana Paula Grether, da Petrobras, e Lisângela Reis, de Furnas;
GOVERNO BRASILEIRO: Andréia Santini, do Inmetro;
CLASSE TRABALHADORA: Clóvis Scherer, do Dieese;
CONSUMIDORES: Adriana Charoux, do IDEC;
ONGs: Aron Belink, do GAO, e Maria Yamauchi, do SIAI e
PESQUISA E NORMALIZAÇÃO: José Salvador, da Fundação Vanzolini, e Milena Pires, da ABNT.
Em todas as plenárias, discussões e dinâmicas de grupo que acontecerão no seminário, serão abordados os principais temas levados em conta na elaboração da ISO 26000:
– Direitos Humanos e Práticas de Trabalho;
– Meio Ambiente;
– Princípios de Responsabilidade Social, Governança Organizacional e Práticas Leais de Operações;
– Questões dos Consumidores;
– Envolvimento Comunitário e Desenvolvimento e
– Engajamento com Stakeholders e Integração de Responsabilidade Social na Organização.
“Nosso objetivo é discutir e buscar subsídios para que a norma incorpore melhores práticas em cada um de seus temas principais. Nesse sentido, o apoio do Planeta Sustentável será uma parceria estratégica para ampliar a discussão e expandir o debate sobre a futura norma de responsabilidade social para o grande público”, disse Wilson Santarosa, gerente de Comunicação Institucional da Petrobrás.
Veja a programação completa e participe da pesquisa. Queremos saber qual seu conhecimento sobre a norma e suas expectativas. Para saber mais informações, é só escrever para o Departamento de Marketing da ABNT: [email protected]
SERVIÇO
ISO 26000 – A Norma Internacional de Responsabilidade Social
Data: 11 e 12 de novembro
Local: Hotel Maksoud Plaza
Endereço: Alameda Campinas, Nº 150 – São Paulo/SP
LEIA TAMBÉM:
Jorge Cajazeira e a ISO 26000
O processo de construção da ISO 26000OO Grupo de Trabalho responsável pela elaboração da ISO 26000 também é liderado pelo Instituto Sueco de Normalização (SIS – Swedish Standards Institute).
A última versão da norma antes de sua publicação está em circulação para votos e comentários nos países-membros da ISO. Para realizar essa consulta no Brasil, o seminário  contou com discussões e dinâmicas, orientadas pelas diretrizes da norma (confira os temas no box).
“O trabalho de revisão que estamos fazendo é para lapidação do conteúdo, o material bruto já está lá. Mas estamos avaliando os pontos que podem ser aprimorados”, destaca Ana Paula.
Em fevereiro de 2010, será dado o voto final para o fechamento da publicação – que precisa de 75% de aprovação dos países membros. Depois dessa etapa, a opinião do público presente nos seminários é apresentada à delegação, que vai fechar de fato quais comentários deverão ser encaminhados e debatidos presencialmente na reunião de maio em Copenhague – última para discussão de comentários. A norma recebe uma revisão editorial e fica pronta no segundo semestre de 2010, se aprovada.
A ISO 26000 servirá como um guia para corporações que desejam implementar a sustentabilidade em sua gestão, mas não como base para obtenção de selos e certificados pelas corporações.
BOX: Principais temas que envolvem a elaboração da ISO 26000
– Direitos Humanos e Práticas de Trabalho
– Meio Ambiente
– Princípios de Responsabilidade Social, Governança Organizacional e Práticas Leais de Operações;
– Questões dos Consumidores;
– Envolvimento Comunitário e Desenvolvimento
– Engajamento com Stakeholders e Integração de Responsabilidade Social na Organização.

Inscreva-se em nossa newsletter e
receba tudo em primeira mão

Conteúdos relacionados

Entre em contato
1
Posso ajudar?