Inscrições: oficina “Mudanças Climáticas e Segurança Hídrica”

Inscrições: oficina “Mudanças Climáticas e Segurança Hídrica”

Começa quinta-feira (08/03) e segue até a próxima terça-feira (13/03) o prazo de inscrições para a oficina online “Mudanças Climáticas e Segurança Hídrica”, promovida pela Rede Mobilizadores COEP com apoio da Fundação Banco do Brasil e Fiocruz.

O objetivo da oficina é esclarecer que aspectos envolvem a segurança hídrica, como as mudanças climáticas podem afetar os recursos hídricos, quais as implicações trazidas pela aprovação do Novo Código Florestal Brasileiro.

Também propõe uma reflexão sobre como anda a conservação dos mananciais no Brasil e como participar efetivamente no monitoramento da qualidade da água e estimular não só o uso adequado deste recurso natural tão importante, mas, também, seu reúso.

Com inscrições gratuitas, a oficina acontece de 19 a 23 de março. Será realizada na modalidade on-line, pelo site www.mobilizadores.org.br, e terá como facilitador Ângelo Lima, da ONG WWF-Brasil.

Segundo Ângelo Lima, de acordo com o Plano Nacional de Mudança Climática, cerca de 80% dos impactos das mudanças no clima estão relacionados com o uso das águas. “Os principais riscos para o Brasil, inclusive pelo seu tamanho, é de que algumas áreas que já convivem com fases de intensas secas, como o Nordeste, vivam períodos maiores de secas e outras, que ainda não estavam acostumadas com isto, como o Sul do país, passem a ter períodos de secas”, explica.

Tais alterações do clima, somadas ao mau uso dos recursos hídricos no Brasil, podem comprometer diretamente não só as atividades produtivas, como também a segurança alimentar, a saúde da população brasileira e sua qualidade de vida. Em especial das comunidades em situação de vulnerabilidade social.

O facilitador da oficina lembra que a Política Nacional de Recursos Hídricos criou um sistema nacional de gerenciamento desses recursos e, dentre alguns avanços, está o grande número de comitês de bacias existentes no Brasil. “Hoje, são mais de 140 comitês de bacias que procuram realizar a gestão de suas águas. Porém, ainda não temos um sistema de monitoramento adequado para saber quais são os resultados efetivos de recuperação e conservação das águas, um dos maiores objetivos destes comitês”, adverte Lima.

Como participar

Para participar da oficina é preciso estar cadastrado no site da Rede Mobilizadores. O processo é simples e rápido. Basta acessar www.mobilizadores.org.br e clicar em “Inscreva-se”. Também é necessário enviar ficha de inscrição para o e-mail treinamentogrupos@gmail.com, entre 8 e 13 de março.

Os inscritos que lerem o material de apoio e deixarem perguntas e/ou comentários reflexivos no minifórum da oficina receberão certificado de participação emitido pela Rede Mobilizadores.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (21) 2528-3352 ou no site www.mobilizadores.org.br.

Sobre o facilitador

O biólogo Ângelo José Rodrigues Lima é mestre em Planejamento Ambiental e especialista em Recursos Hídricos. É técnico especializado em Conservação de Água Doce pelo Programa Água para a Vida, da ONG WWF-Brasil. Trabalhou no Comitê para Integração da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul (Ceivap), de 1996 a 2004. Atualmente acompanha projetos de campo na Bacia do Rio Miranda (MS), Bacia dos Lagos São João (RJ) e Bacia do Rio Acre (AC), onde estão sendo elaboradas ações de adaptação com relação aos impactos das mudanças climáticas, especialmente sobre os recursos hídricos, com a participação da sociedade e dos governos locais.

Mais informações:

Sílvia Sousa: silvia@coepbrasil.org.br | (61) 3536-2264 ou 9293-9687

Inscreva-se em nossa newsletter e
receba tudo em primeira mão

Conteúdos relacionados

Entre em contato
1
Posso ajudar?