Febec lança programa "Apoie uma Vida" em São Paulo

Febec lança programa "Apoie uma Vida" em São Paulo

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, estará em Jaú, interior de São Paulo, no próximo sábado (13/8), onde participará do XV Encontro Anual das Ligas de Combate ao Câncer – entidades voluntárias sediadas em mais de 50 cidades dos estados de São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Ceará, filiadas à Federação Brasileira de Entidades de Combate ao Câncer (FEBEC). Durante o encontro, será lançado o programa “Apoie uma Vida – Voluntários contra o Câncer”.

Idealizado com o objetivo de criar e massificar, nacionalmente, mecanismos e ações de fomento ao combate ao câncer, o programa é integrado por diferentes campanhas para difundir o modelo de tratamento alinhado à metodologia de apoio biopsicossocial. Ele foi concebido para ampliar o trabalho voluntário no combate à doença, sensibilizar a sociedade brasileira para a causa e captar recursos.

Em sua filosofia, o “Apoie uma Vida – Voluntários contra o Câncer” preconiza ações de educação como forma de mudar hábitos para diminuir a incidência de diferentes tipos de câncer; prevenção como mecanismo para evitar doenças — com a realização de exames prévios — como o câncer de boca, pele, colo de útero, mama, próstata, etc.; diagnóstico precoce para aumentar as chances de cura; acesso ao tratamento como direito fundamental, garantido na Constituição Federal e como forma de valorizar a sociedade; e apoio biopsicossocial para garantir a equidade e reduzir a evasão do tratamento.

As 53 entidades filiadas à Federação – cujos representantes participarão do Encontro Anual – promovem ações biopsicossociais — que preveem a ajuda material, nutricional e medicamentosa; facilitação ao tratamento e a hospedagem durante esse período — para pacientes de câncer e suas famílias.

O câncer

Em 2009, o Hospital Amaral Carvalho, por meio de sua Universidade Corporativa, apresentou uma pesquisa utilizando-se das informações do Registro Hospitalar de Câncer/HAC, apuradas no período de 2000 a 2007, durante o qual foi observado, como resultado final, que morar em uma cidade onde há entidade voluntária de combate ao câncer aumenta em 12,4% o prognóstico de cura e sobrevida (mais de cinco anos). O estudo comparou 424 municípios – 83 com entidades voluntárias de combate ao câncer e 341 sem o amparo das entidades – que encaminhavam seus pacientes para o mesmo hospital Amaral Carvalho, em Jaú (SP).

Em 2010, o Instituto Nacional do Câncer (INCA) divulgou estudos sobre a incidência da doença no Brasil. As projeções indicam 490 mil novos casos/ano, com a taxa de mortalidade chegando a 130 mil óbitos/ano.

Usando como parâmetro esses indicadores oficias e os resultados do tratamento baseado na metodologia de apoio biopsicossocial no período de 2000 a 2007 e presente no “Apoie uma Vida – Voluntários contra o Câncer”, é possível aferir que, ao ser ampliado para todo o País, o programa da Federação Brasileira de Entidades de Combate ao Câncer tem potencial para contribuir para assegurar sobrevida e cura de mais de 50 mil brasileiros pacientes de câncer.

“O apoio biopsicossocial impacta no atendimento ao paciente e incide, diretamente, na resolutividade do tratamento”, diz Antonio Luís Cesarino de Moraes Navarro, presidente da FEBEC e superintendente da Fundação Hospital Amaral Carvalho.

Sobre a FEBEC

A FEBEC é uma instituição integrada por 53 entidades voluntárias para o atendimento aos pacientes com câncer e seus familiares, reconhecida por sua atuação sustentada em educação, prevenção, acesso ao diagnóstico e tratamento precoces e apoio biopsicossocial, pilares que, comprovadamente, contribuem para ampliar os resultados dos tratamentos.

Criada em 2008, a FEBEC é financiada pela contribuição de seus associados, por seus negócios sociais que são integrados, entre outros, pela assinatura e comercialização da revista Almanaque Brasil de Cultura e Saúde e pela realização de ações e eventos.

Com sede na cidade de São Paulo e filial em Jaú, a 310 km da capital paulista, a FEBEC conta com cerca de 2.000 voluntários e sua atuação atinge mais de 200 municípios nos estados de São Paulo, Ceará, Minas Gerais, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Mais informações:

VOICE SOCIAL
Direção de Atendimento: Marcia Leite / mleite@voice.com.br
Direção de Conteúdos: Beth Guaraldo (MTb. 14.176)
Assessores de Comunicação: Adriano Perdigão / adriano@voice.com.br
Izabella Pinheiro / izabella@voice.com.br
Redes Sociais: Raquel Caprara / raquel@voice.com.br
Telefone: (11) 3816-1230

Inscreva-se em nossa newsletter e
receba tudo em primeira mão

Conteúdos relacionados

Entre em contato
1
Posso ajudar?