ÁGUA – Disputa de Condomínios é atividade de sensibilização para economia de água

ÁGUA – Disputa de Condomínios é atividade de sensibilização para economia de água

Todos os dias, em torno de 150 litros de água são consumidos direta e indiretamente por cada brasileiro, um consumo bem acima dos 110 litros recomendados pela ONU.

Em São Paulo, o consumo atinge 178 litros/habitante/dia. Entre as razões deste exagero está, sobretudo, a falta de orientação e instrução sobre como é possível cumprir as atividades diárias que envolvem o uso da água, de forma a evitar o desperdício.

Para modificar esta realidade, a Sabesp realiza, todos os anos, diversas atividades e campanhas para promover o consumo consciente da água, em especial pelo PURA – Programa de Uso Racional da Água. Foi ao encontro dessa proposta que a agência Sagarana Comunicação, especializada em projetos de comunicação de interesse das pessoas, criou, com o patrocínio da Sabesp, a campanha Disputa de Condomínios (CLIQUE AQUI para assistir ao vídeo) .

O objetivo é promover uma grande competição entre edifícios, na qual os condôminos, empregadas e funcionários somam forças para reduzir o desperdício de água do prédio. Durante o período de avaliação, o edifício que tiver o melhor desempenho, ou seja, aquele que tiver reduzido mais expressivamente o consumo de água em relação a igual período em 2011 receberá prêmios oferecidos pela Fabrimar, fabricante de metais sanitários, na forma de dispositivos economizadores.

“A competição cria um ambiente divertido que estimula a mobilização e a criatividade e faz todos refletirem sobre um bem natural escasso e precioso. A Sabesp, ao patrocinar essa campanha, espera poder reproduzi-la e que a repercussão dos resultados mostre o quanto se pode conseguir numa comunidade, quando todos se esforçam em conjunto”, comenta Marcelo Morgado, assessor de meio ambiente da Presidência da Sabesp.

A expectativa é movimentar inicialmente cerca de 3 mil pessoas em torno da ação mostrando como pequenas mudanças no hábito de consumo dos condôminos pode fazer com que eles reduzam o desperdício de água e economizem dinheiro.

“Na Disputa de Condomínios, reunimos todos os públicos e falamos sobre o assunto de forma didática e dirigida. Nossos materiais informativos trazem exemplos concretos dos benefícios de se usar a água de forma consciente e enfatizam que essa mudança de atitude não compromete, em nada, a higiene pessoal e da casa das pessoas e ainda traz um retorno até mesmo financeiro para quem pratica. Este é o nosso diferencial, aliar tecnologia e informação como forma eficaz de engajamento”, comenta Guilherme Stella, sócio-diretor da agência Sagarana Comunicação.

Será dada a largada!

A campanha Disputa de Condomínios, apoiada pela Prefeitura de São Paulo, foi implementada no bairro de Moema, e conta com a participação de edifícios residenciais que atendam pré-requisitos como ter mais que dois anos de construção, não possuir medição individualizada e não ter passado por reformas recentes.

A fase inicial é de reeducação e, por isso, conta com palestras para os moradores e treinamento para zeladores, porteiros, faxineiros e empregadas domésticas, abordando práticas sustentáveis na utilização da água. Condôminos e funcionários receberão ainda cartilhas didáticas e adesivos contendo dicas e orientações para adotar hábitos de consumo racional. A ideia é envolver a família inteira, principalmente as crianças, que por serem de uma geração mais engajada nas questões ambientais, executam um papel importante no monitoramento das atividades dentro de casa.

Durante os meses de maio e junho, será feito o acompanhamento da competição e aferição dos resultados, logo os edifícios deverão exercitar o consumo consciente de água. O ganhador será eleito levando-se em consideração o comparativo de consumo do mesmo período do ano anterior. A leitura é feita per capita, de forma a assegurar uma igualdade nas bases de comparação.

Todos os condôminos do edifício ganhador receberão kits da Fabrimar compostos por torneiras, descargas e chuveiros equipados com tecnologias e sistemas que garantem uma redução no consumo extra de água e a instalação desses equipamentos em seus apartamentos. As áreas sociais do prédio também receberão produtos para garantir a colaboração de todas as partes.

“Disponibilizaremos equipamentos que garantem até 50% de redução no desperdício de água. Com a colaboração e a conscientização das pessoas, somado às tecnologias e inovações que o mercado oferece, é possível mudar esse cenário de desperdício sem afetar a higiene”, comenta Simone Siciliano, coordenadora de treinamento da Fabrimar.

Transformação nos lares

A aposta da Sabesp é de que a campanha dê um retorno efetivo, não apenas na vigência da Disputa de Condomínios, mas após sua realização. “Durante dois meses as pessoas deverão exercitar mudanças de hábito para colaborar com o objetivo coletivo da competição. Mas acreditamos que, nesse período, por tantas repetições e pelo aprendizado aprofundado que terão sobre o assunto, essas pessoas serão transformadas e, assim, o fruto dessa disputa será perpetuado. No começo, será uma boa ginástica, mas aos poucos as pessoas perceberão que é fácil colaborar”, comenta Morgado, Sabesp.

A campanha será mapeada e a ideia é que seja replicada em outros bairros, com uma participação maior de edifícios. Para esta edição, além das palestras e cartilhas, serão usadas plataformas online como Facebook e hotsite, para auxiliar no processo de reeducação e interação com os participantes e com possíveis interessados.

“Apostamos que o resultado dessa campanha será um sucesso. Vamos mostrar que com um investimento pequeno é possível transformar pessoas e torná-las mais conscientes sobre a importância e relevância que cada um tem sobre o futuro do planeta”, destaca Guilherme.

Sobre a Sagarana Comunicação

A Sagarana Comunicação, dos sócios Luís Guilherme Stella, Suzana Vilhena e Lucas Pacífico, é uma agência especializada em projetos de comunicação de interesse das pessoas: um conceito novo no mercado brasileiro, que tem como proposta gerar conscientização das pessoas por meio da informação. Para isso, a agência traduz e transmite as informações necessárias para gerar determinada atitude de forma didática, impactante e transformadora.

“Na maioria das vezes as próprias empresas têm dados e informações relevantes sobre seus produtos e serviços, o que acontece é que essas informações são pouco ou mal utilizadas em sua comunicação e acabam perdendo a oportunidade de alcançar com o consumidor”, comenta Stella.

Fundada em 2008, a Sagarana Comunicação projeta para 2012 um faturamento de 1,1 milhões, o que corresponde 40% a mais que no ano anterior. O portfólio de clientes da agência inclui a Sabesp, Schincariol, a Timberland, a Bracor, o Colégio Metodista, a Universidade Metodista, a Comanche Clean Energy, a CowParade, o Grupo Gaia S.A e a Organização Internacional do Trabalho.

Entre os cases de sucesso, destaca-se a ação para a Organização Internacional do Trabalho, que tinha como objetivo aumentar a conscientização da população sobre o trabalho forçado em carvoarias e coletar assinaturas para uma petição que visa aumentar a punição ao empregador que impõem condições de trabalho análogas à escravidão. Para fazer esse alerta, foram criados mídia cards que sujavam de carvão as mãos do público, fazendo com que eles sentissem o problema na própria pele. Além de provocar o leitor, por meio da frase “não lave suas mãos para esse problema”, e informar o leitor sobre a escravidão nas carvoarias, o card também direcionava a pessoa para o website da campanha, no qual poderiam obter mais informações sobre o problema e assinar a petição. Os cartões foram espalhados em universidades, teatros, cinemas e bares, tentando alcançar jovens e consumidores de cultura. Além da mídia espontânea gerada, na semana do dia 13 de maio daquele ano, dia em que deveríamos celebrar a efetiva abolição do trabalho escravo no Brasil, as assinaturas da petição tiveram um aumento de 480% a mais do que no mesmo período do ano anterior, quando começou a coleta de assinaturas.

Sobre a Sabesp

Fundada em 1973, a Sabesp é uma companhia de economia mista, com controle do estado de São Paulo e ações na Bovespa e Bolsa de Nova Iorque. Contando com cerca de 15 mil funcionários, receita de R$ 10,5 bilhões e 27,5 milhões de clientes em 365 municípios, é a 4ª maior empresa de saneamento do mundo. A Sabesp fornece água a partir de 212 estações de tratamento de água e 1.102 poços e trata esgotos em 490 estações de tratamento. A meta é universalizar os serviços de esgoto até 2019. Hoje 146 municípios já contam com 100% de coleta e tratamento e os índices de coleta e tratamento são respectivamente, 82 e 76%. A empresa está firmemente comprometida com a construção do desenvolvimento sustentável e oferece no mercado produtos como a água de reuso, contratos de demanda firme e a recepção de efluentes não domésticos. O nível de percepção positiva dos clientes foi de 1992 em 2011.

Mais sobre a Fabrimar

Fundada em 1962, a Fabrimar, tradicional fabricante de metais para cozinhas e banheiros, chega aos seus 50 anos com uma linha de mais de 4 mil produtos. Com um parque industrial de 50.000m² de área total e 33.000m² de área construída, localizado na zona norte do Rio de Janeiro, a companhia possui cerca de 1.100 funcionários, além de escritórios de venda nas principais capitais, representantes e assistência técnica em todo Brasil.

Além da preocupação em oferecer produtos e soluções com qualidade e alta durabilidade, todos com dez anos de garantia, a empresa levanta a bandeira do uso racional da água com o desenvolvimento de mais de 150 produtos e acessórios economizadores para uso residencial e público.

Inscreva-se em nossa newsletter e
receba tudo em primeira mão

Conteúdos relacionados

Entre em contato
1
Posso ajudar?