Capitalismo de inclusão

Capitalismo de inclusão

Como erradicar a riquza com o lucro?
O abre da matéria: esse relato começa na praia de Ipanema
Com toda tecnologia disponível no mercado, o know-how gerencial e a capacidade de investimento, como o setor privado pode contribuir para a erradicação da pobreza e a inserção das camadas mais pobres da sociedade no mercado consumidor? Para C.K. Prahalad, mobilizar a capacidade de investimento das grandes empresas, somada ao conhecimento e comprometimento das ONGs pode contribuir, mas é preciso muito mais.
Em “A Riqueza na Base da Pirâmide – Como Erradicar a Pobreza com o lucro”, o autor propõe a criação de um capitalismo de inclusão a partir do reconhecimento social e do respeito pelas camadas mais pobres como agentes de co-criação. Ele reforça que os consumidores da base da pirâmide podem atuar como solucionadores conjuntos de problemas. Para tanto, é necessário investir em abordagens novas e criativas para que os mais pobres tenham acesso ao mercado. Além disso, é preciso estimular o empreendedorismo e criar condições para que as soluções desenvolvidas pelos indivíduos da base da pirâmide também tenham espaço no mercado global.
Ao trazer casos de inovação na base da pirâmide em todo o mundo, o livro é um guia para empreendedores que querem aprender a partir de experiências práticas e conceituais como desencadear o envolvimento ativo do setor privado com a base da pirâmide. A obra traz ainda cases de sucesso de grandes empresas do Peru, Brasil, Nicarágua, México e Índia.
A Riqueza na Base da Pirâmide – Como Erradicar a Pobreza com o lucro
C.K. Prahalad
Editora Bookman
R$ 86,00

Inscreva-se em nossa newsletter e
receba tudo em primeira mão

Conteúdos relacionados

Entre em contato
1
Posso ajudar?