Uso abusivo de energia

Uso abusivo de energia

Enquanto a iluminação de locais públicos e das residências de pessoas engajadas com a causa do meio ambiente é desligada durante uma hora no Dia do Planeta, um novo relatório revela que as técnicas de produção das mais modernas fábricas são espetacularmente ineficientes em termos de energia.
Não se trata de uma análise de processos industriais antiquados que necessitem de algum tipo de upgrade: ao contrário, o relatório, produzido pelo MIT, analisou os 20 principais processos industriais considerados de ponta, empregados nas fábricas super modernas dos Estados Unidos.
No conjunto, os processos industriais mais modernos são de 1.000 a 1 milhão de vezes mais ineficientes, em termos de peso do produto gerado, do que as indústrias tradicionais. A comparação em termos de peso do produto levanta suspeitas imediatas, já que parece fazer pouco sentido comparar uma tonelada de processadores de computador de última geração com uma tonelada de produtos de uma fundição tradicional.
Mas o professor Timothy Gutowski afirma que essa comparação em termos tão amplos é um passo essencial rumo à otimização dessas novas técnicas de produção à medida que elas ganham espaço, importância e magnitude dentro da economia.
(Agência Envolverde)

Inscreva-se em nossa newsletter e
receba tudo em primeira mão

Conteúdos relacionados

Entre em contato
1
Posso ajudar?