ENERGIA – Tecnologia solar

ENERGIA – Tecnologia solar

A Alcoa está testando uma avançada tecnologia solar em conjunto com o Laboratório Nacional de Energia Renovável-NREL, do Departamento de Energia do governo norte-americano, para tornar a tecnologia de Concentração de Energia Solar-CES mais competitiva nos Estados Unidos, reduzindo seu custo para gerar energia.
O NREL e a Alcoa instalaram recentemente uma nova parabólica de Concentração de Energia Solar, projetada pela Companhia, nos locais de teste do Laboratório em Golden, no Estado do Colorado, nos Estados Unidos. Os testes permitirão medir a eficiência do coletor de cerca de 6X14 metros para gerar energia e avaliar seu desempenho estrutural. Esta fase de aprovação no Laboratório é iniciada após testes bem-sucedidos no Centro Técnico Alcoa nos arredores de Pittsburgh, Estado da Pensilvânia, Estados Unidos.
“O NREL está ansioso para realizar testes externos de eficiência no coletor solar parabólico desenvolvido pela Alcoa”, disse Chuck Kutscher, gerente do Grupo de Sistemas Térmicos do NREL. “Estamos felizes por ver uma das principais empresas dos Estados Unidos entrar no mercado de concentração de energia solar com apoio financeiro do  Departamento de Energia do governo dos Estados Unidos”.
Atualmente, os sistemas comerciais de Concentração de Energia Solar usam espelhos de vidro para refletir e concentrar a luz do sol em receptores que capturam a energia solar e a convertem em calor. Essa energia térmica pode então ser usada para produzir eletricidade em larga escala por meio de uma turbina a vapor.
Ao invés de utilizar espelhos de vidro, a nova solução da Alcoa usa espelhos de alumínio altamente refletivos, que são mais duráveis e menos danosos ao meio ambiente, se comparados aos frágeis espelhos de vidro.  A solução projetada pela Alcoa permite que técnicas de fabricação de grandes volumes reduzam os custos de instalação e a sua estrutura monolítica permite que o coletor seja simplesmente colocado no lugar para fácil instalação. O projeto da Alcoa inclui placas, extrusões e fixadores.
O novo projeto de Concentração de Energia Solar da Alcoa alavanca as abordagens de fabricação e montagem de grandes volumes, utilizadas nos mercados aeroespacial e automotivo, assim como a liderança em materiais e tecnologia da Empresa, para reduzir o custo de sistemas de Concentração de Energia Solar.
“Entendemos a necessidade dos consumidores  de reduzirem seus gastos em sistemas para diminuir o custo de energia”, disse  Eric F. M. Winter, diretor dos Laboratórios de Desenvolvimento da Alcoa. “Após ouvir uma série de especialistas da indústria, nossa equipe combinou seu conhecimento de materiais com habilidades de projeto, manufatura e acabamentos de engenharia, para. desenvolver uma solução que permita aos fabricantes aumentar sua escala de produção para atender à crescente demanda por esse tipo de tecnologia solar”.
Um dos benefícios da tecnologia de Concentração de Energia Solar é a energia térmica que pode ser armazenada e utilizada em períodos nebulosos e à noite. Portanto, a tecnologia oferece melhor estabilidade de rede e mais fatores de capacidade se comparado às aplicações fotovoltaicas.
O projeto está sendo parcialmente financiado por uma verba de US$ 2,1 milhões do Departamento de Energia. Os resultados deste teste são esperados para o segundo trimestre deste ano, quando o sistema passará para a próxima fase de testes em grande escala.
“Estamos orgulhosos por nos associarmos ao Departamento de Energia para desenvolver uma fonte de eletricidade nova, limpa, confiável e acessível”, disse Scott Kerns, vice-presidente e gerente geral da Divisão de Produtos de Transporte da Alcoa. “A Alcoa tem uma longa história de desenvolvimento de soluções sustentáveis para seus clientes. E o alumínio, que pode ser reciclado infinitamente, é uma opção natural para essa solução de energia verde”.
Sobre a Alcoa
Há 45 anos no Brasil, a Alcoa Alumínio S.A. é subsidiária da Alcoa Inc., líder mundial na produção e transformação do alumínio, que atua nos mercados aeroespacial, automotivo, embalagens, construção, transportes comerciais e no mercado industrial. Além de alumina e alumínio primários, a Alcoa fabrica produtos transformados como laminados e extrudados, bem como rodas forjadas, sistemas de fixação, fundidos de superligas e de precisão, estruturas e sistemas para construções. A Companhia possui 63 mil funcionários em 31países e integra pela oitava vez consecutiva o Índice Dow Jones de Sustentabilidade. Foi eleita por cinco vezes consecutivas uma das empresas mais sustentáveis do mundo no Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suíça e é uma das fundadoras da Parceria Americana pela Ação Climática (United States Climate Action Partnership – USCAP), uma associação composta por importantes companhias e ONGs ambientais norte-americanas que lutam pela redução significativa das emissões de gases causadores do efeito estufa.
Na América Latina e Caribe, a Alcoa conta com mais de sete mil funcionários e opera em seis estados brasileiros – Pernambuco, Minas Gerais, Maranhão, Pará, São Paulo e Santa Catarina – incluindo uma nova mina de bauxita, instalada em Juruti-PA. Possui operações também na Jamaica, Suriname e Trinidad & Tobago. Além das usinas de Barra Grande e Machadinho, a Alcoa tem participação nos consórcios das hidrelétricas em construção de Estreito, na divisa do Tocantins e Maranhão; e Serra do Facão, entre os estados de Goiás e Minas Gerais. Nesse ano, incluída pela terceira vez consecutiva na lista das 50 Empresas do Bem, da revista Dinheiro. Em 2009 a Alcoa foi eleita uma das 20 empresas-modelo pelo Guia Exame de Sustentabilidade. Foi incluída pela nona vez entre as Melhores Empresas para se Trabalhar no Brasil, pelo Instituto Great Place to Work. Também foi uma das “empresas mais admiradas do Brasil”, segundo pesquisa publicada pela revista Carta Capital; e destaque no ranking das 500 Melhores Empresas da revista Dinheiro. Foi reconhecida no Guia de Boa Cidadania Corporativa 2006, publicado pela revista Exame, nas áreas de Valores e Transparência e de Governo e Sociedade. Mais informações sobre a Alcoa podem ser encontradas no site www.alcoa.com.br.

Inscreva-se em nossa newsletter e
receba tudo em primeira mão

Conteúdos relacionados

Entre em contato
1
Posso ajudar?