Agência Internacional de Energia

Agência Internacional de Energia

Segundo a  Agência Internacional de Energia (www.iea.org), o mundo terá que apostar em medidas extremas para que o aquecimento global não ultrapasse 2º C a 3º C. A afirmação é do estudo “Panorama Mundial de Energia 2008”.
O estudo mostra que é necessário contar com tecnologias não apenas para a redução das emissões de gases do efeito estufa e substituição dos combustíveis fósseis, mas também ferramentas para a absorção de carbono.
Até o final do século, a absorção de carbono precisa exceder as emissões brutas. Uma das técnicas que podem ser utilizadas é a captura e armazenamento de carbono e o plantio de mais florestas.
A agência afirma que para não ultrapassar a elevação de 2º C, que danificaria a produção de alimentos globalmente, seriam necessários investimentos da ordem de US$ 3,6 trilhões entre 2010 e 2030.
O relatório ressalta que se o mundo continuar no mesmo padrão de desenvolvimento, sem adotar novas abordagens, em 2030 as emissões anuais de dióxido de carbono (CO2) crescerão de 28 para 41 gigatoneladas e a temperatura global pode subir até 6° C a longo prazo.

Inscreva-se em nossa newsletter e
receba tudo em primeira mão

Conteúdos relacionados

Entre em contato
1
Posso ajudar?