Revista Ideia Sustentável entra no 8º ano

Revista Ideia Sustentável entra no 8º ano

O leite e a Rio+30
Por Cláudia Piche

Ouvi muito da boca de minha mãe, na infância e adolescência, a expressão “de nada adianta chorar pelo leite derramado”.

Confesso que, nessas oportunidades, sentia-me profundamente indignada – afinal de contas, tratava-se de algo que eu não queria que tivesse acontecido e para o qual o conformismo simplesmente não me bastava!

Pois bem… mas eis que, depois de anos e algumas “pancadas” da vida a mais, vejo-me não apenas dando razão à sabedoria de minha mãe como, sobretudo, considerando-a mobilizadora! Sim, você leu direito: mobilizadora.

Acredite ou não, caro leitor, foi mais ou menos o que senti depois da Rio+20 – talvez a mais esperada da história de todas as Conferências das Nações Unidas –, o gigantesco encontro ocorrido em junho, no Rio de Janeiro,  que mobilizou delegações diplomáticas de 188 países e seus chefes de Estado, e composta ainda por centenas de eventos paralelos com a participação de empresas, representantes da sociedade civil, da academia e da Ciência para discutir o desenvolvimento sustentável.

Sim, sabemos todos que o documento oficial resultante da conferência, intitulado O Futuro Que Queremos, não representa nem de longe o futuro que realmente esperamos para nossas vidas e a de nossos filhos e netos. E aqui entra a tal força mobilizadora do leite derramado. Uma vez que governantes das Nações decidiram não se comprometer com metas e prazos para decisões cujas datas de validade já estavam vencidas, o senso de urgência parece ter batido às portas das empresas, das cidades e até do cidadão comum. Prova disso é que mais de 700 compromissos com a participação desses atores foram firmados, com ações concretas em resposta a necessidades específicas, como, por exemplo, a destinação de 50 bilhões de dólares para ajudar um bilhão de pessoas no acesso à energia sustentável.

E é justamente desses compromissos – especialmente os corporativos – que trata a reportagem especial Do papel à prática (pág. 20). Por envolverem mudanças profundas, projetam-se para a próxima década – daí a referência de capa a uma suposta – e muito possível – Rio+30, quando, certamente, estaremos colhendo alguns frutos das iniciativas aqui apresentadas. Iniciativas, aliás, também analisadas pela ótica privilegiada de Matthias Stausberg na Entrevista Especial (pág. 70), porta-voz da rede internacional do Pacto Global, iniciativa da ONU responsável pela realização do Fórum de Sustentabilidade Corporativa – um dos maiores eventos paralelos da Rio+20.

Se esperamos, no entanto, chegar a uma próxima grande conferência da ONU um pouco mais realizados sobre o futuro que queremos, há que se considerar com especial atenção a educação das futuras lideranças para a sustentabilidade. Por isso, dando sequência à reportagem da edição de junho de Ideia Sustentável, voltamos ao tema das escolas de negócios – que também assumiram compromissos na Rio+20 –, apresentando exemplos e refletindo sobre os principais desafios para transversalizar o tema em suas práticas e currículos.

Não sem motivo, portanto, educação de lideranças para a sustentabilidade é também o foco da segunda etapa da Plataforma Liderança Sustentável, movimento lançado no ano passado por Ideia Sustentável: Estratégia e Inteligência em Sustentabilidade, a partir do livro Conversas com Líderes Sustentáveis, do consultor e publisher desta revista, Ricardo Voltolini, e que já levou sua mensagem a mais de 3 milhões de novas lideranças no Brasil e no exterior. Saiba tudo sobre o evento que reuniu 450 convidados em São Paulo e conheça os dez novos líderes integrantes da Plataforma na reportagem da página 60.

E, claro, eu não poderia terminar este editorial sem lembrar que a edição de setembro marca a entrada desta revista em seu oitavo ano de existência. Uma grande conquista para um veículo que desde sempre entendeu a força mobilizadora do leite derramado. Aliás, talvez, neste caso, se aplique melhor a frase do ilustre desconhecido Aparecido Silva, que disse certa vez: “Não adianta chorar sobre o leite derramado. Melhor chamar o gato!”

Chame o gato, caro leitor. Ideia Sustentável lhe oferece o leite!

Os conteúdos de Ideia Sustentável – Edição 29 serão disponibilizados, em breve, neste portal.

Cláudia Piche é diretora de Conteúdos da consultoria Ideia Sustentável: Estratégia e Inteligência em Sustentabilidade e editora-chefe desta revista.

Inscreva-se em nossa newsletter e
receba tudo em primeira mão

Conteúdos relacionados

Entre em contato
1
Posso ajudar?