INOVAÇÃO: Comercio eletrônico traz conceitos de responsabilidade social e ambiental para rede

INOVAÇÃO: Comercio eletrônico traz conceitos de responsabilidade social e ambiental para rede

O site de comércio eletrônico do Walmart  Brasil (www.walmart.com.br) agrega uma nova categoria à sua loja virtual, o E-Commerce Solidário. Seguindo a diretriz da empresa de inserir a Responsabilidade Social e Ambiental em seu negócio, uma parceria com a Solidarium levará aos consumidores produtos desenvolvidos por diversas comunidades brasileiras.  São itens de decoração e design feitos artesanalmente em todas as regiões do país.
O walmart.com.br, lançado em 2008, conta com mais de 50 mil itens em seu portifólio, dividido em 17 categorias.  A parceria do Walmart.com.br, com o apoio do Instituto Walmart, firmada com a Solidarium, permite que pequenas comunidades e produtores comercializem seus produtos em  qualquer lugar do Brasil, já que a abrangência do site é nacional.
“Esse é um importante passo para nos tornarmos o primeiro comércio eletrônico do varejo a abraçar as causas sociais e ambientais. Com a nossa base de clientes, otimizamos também a capacidade de disseminação do canal. Ou seja, além de atrairmos novos clientes,  que passam a conhecer o que temos no site, ainda cumprimos o papel de oferecer ao consumidor uma escolha sustentável”,  aponta Flávio Dias, diretor de e-commerce do Walmart Brasil.
A linha ‘Solidário’ é composta inicialmente por cerca de 100 itens. O projeto beneficiará 13 empreendimentos localizados nos estados do Paraná, São Paulo, Maranhão e Minas Gerais. Ao todo, são mais de 150 mulheres e homens que contarão com suporte na ampliação das suas vendas.  Com a venda realizada por meio do site do Walmart essas comunidades serão beneficiadas com um aumento de sua demanda, renda e oportunidades de trabalho. Além disso, com o suporte da  Solidarium , é possível oferecer um diferencial na negociação com o site, que antecipa 50% do pagamento para cada encomenda feita.
“O ‘E-Solidário’ está começando com um mix pequeno, até para que essas comunidades possam se  estruturar cada vez mais para suprir o volume de encomenda que deve crescer rapidamente. Mas a idéia é torná-lo  cada vez mais popular e rentável. Até o final do ano esperamos ter cerca de 400 itens diferentes no mix da linha. Já para o site como um todo, vale lembrar que a expectativa é chegar a 100 mil itens até o final do ano.”, complementa Flavio Dias.
A participação do Instituto Walmart nesse projeto é fundamental, já que traz para o negócio todo seu histórico de apoios a projetos de geração de renda e capacitação profissional. Desde 2005, 65 programas receberam aporte financeiro e técnico do Instituto.
E-commerce
Lançado em outubro de 2008, o e-commerce conta com 17 categorias, com cerca de 50 mil itens e permite o relacionamento com um público cujo perfil é diferente daquele que frequenta as lojas físicas da rede.
O comércio eletrônico da rede varejista, que levou para a internet o conceito de preço baixo das lojas Walmart, alcançou um volume de vendas 2,5 vezes maior do que o esperado ao completar um ano de atuação em outubro de 2009. Além disso, a loja virtual já figura entre as cinco principais lojas de e-commerce do Brasil.
O reconhecimento do consumidor rendeu ao www.walmart.com.br a medalha Diamante, um selo de excelência oferecido pela E-bit, empresa especializada em comércio eletrônico. Para conquistar o selo, o e-commerce deve ter avaliação positiva dos clientes em quesitos como facilidade de compra, preço, cumprimento do prazo de entrega e informações sobre produtos.
Sobre o Instituto Walmart
O Walmart Brasil mantém no país desde 2005 o Instituto Walmart, agente social da empresa que busca desenvolver comunidades locais por meio de projetos de geração de renda, profissionalização de jovens, desenvolvimento local e valorização cultural.
O Instituto Walmart financia hoje 43 projetos no país, frutos de investimentos da ordem de R$ 8,5 milhões este ano.
Em abril deste ano, o Instituto lançou a ‘Escola Social do Varejo’. O programa, que recebe um investimento de R$ 3 milhões, tem o objetivo de promover a formação profissionalizante de jovens de baixo poder aquisitivo para o mercado de trabalho com foco nas diferentes ramificações do varejo e conta com a parceria técnica do Instituto Aliança.
A meta é de formar mais de 1000 jovens entre 17 e 24 anos em 2010, com um treinamento que leva 18 meses, sendo 8 para o período de inserção no mercado de trabalho e monitoramento das atividades dos jovens absorvidos. A empresa estima que 80% desse contingente seja absorvido pelo mercado, incluir suas próprias lojas.
“Trata-se de um curso cujas disciplinas trabalham fortemente o relacionamento pessoal, família, legislação, preparação para o mercado de trabalho, entre outros conteúdos importantes para a integração dos jovens na sociedade, além, é claro das aulas práticas na área do varejo”, explica Paulo Mindlin, diretor de Responsabilidade Social do Walmart Brasil.
Sobre a Solidarium
A Solidarium é uma empresa social que atua com uma rede de criação, produção e distribuição de produtos alinhados aos princípios do Comércio Justo por meio de grandes varejistas em todo o território nacional. Seu principal objetivo é promover o acesso a mercado para micro e pequenos produtores (Associações, Cooperativas e/ou Microempresas) localizados em comunidades de baixa renda em todo o Brasil. Desde sua fundação, a Solidarium já beneficia diretamente mais de 550 pessoas com um aumento médio de 40% na renda mensal.
A Solidarium identifica novos produtores, desenvolve novos produtos e gerencia uma cadeia de valor sustentável e inclusiva. Formatada como um negócio social, seu objetivo é fazer novos negócios, porém, com o viés do desenvolvimento comunitário. Integrante da Aliança Empreendedora, os produtores beneficiados pela Solidarium contam ainda com a possibilidade de acesso a crédito pela Impulso e também suporte na gestão por meio do Saga.
Mais informações:
Cristina Cassis
Coordenadora de Relações com a Imprensa
11 2103.5103  / 11 9440.1034
[email protected]
www.walmartbrasil.com.br

Inscreva-se em nossa newsletter e
receba tudo em primeira mão

Conteúdos relacionados

Entre em contato
1
Posso ajudar?