EDUCAÇÃO: projeto Crescer promove profissionalização e empreendedorismo entre adolescentes de baixa renda

EDUCAÇÃO: projeto Crescer promove profissionalização e empreendedorismo entre adolescentes de baixa renda

O projeto Crescer foi criado pela BASF há 25 anos, com objetivo inicial de promover a transformação social por meio da profissionalização e educação dos adolescentes de baixa renda da comunidade onde a empresa atua. Com investimento de aproximadamente R$728 mil em 2007, o programa já beneficiou cerca de 750 adolescentes desde seu início e é uma das mais importantes iniciativas sociais da BASF. A cada ano atende cerca de 120 adolescentes nos municípios de São Bernardo do Campo e Guaratinguetá.
Em 2008 entrou numa nova fase para que os beneficiários tenham mais chances de desenvolvimento na vida, não apenas profissionalmente. Por isso ganhou duas novas vertentes: por um lado a da cultura do empreendedorismo e por outro a academia de ciência.  Com este novo modelo, o número de jovens atendidos será ampliado em cerca de 23% e os investimentos serão otimizados, podendo ser aplicados também em outros projetos e expandida a rede de diálogo com a comunidade. Estima-se que o investimento este ano será de R$350 mil.
Crescer empreendedor
Estimular a cultura do empreendedorismo entre os jovens tornou-se um dos novos desafios para esta fase do projeto Crescer, que teve início no mês de junho em São Bernardo do campo e conta com a participação de 120 estudantes. Para fazer frente aos desafios de formação educacional de adolescentes, o curso abre oportunidades para o desenvolvimento profissional e de novos negócios.
Hoje conta com a parceria do SEBRAE, SENAI, Ong Tesourinha, RealMicrocrédito (Banco Real) e Grupo ABC para formação de jovens empreendedores com idade entre 17 e 21 anos. O intuito é mostrar aos alunos como lidar com múltiplos problemas e oferecer opções de vida futura que permitam ao adolescente descobrir seu potencial para o trabalho.
Ao longo do ano os jovens irão passar por cursos profissionalizantes, relativos às cadeias de valor que a BASF atua, como por exemplo pintura e repintura automotiva, confecção em couro e tecido, e poderão contar com um espaço criado para auxiliá-los nos primeiros seis meses de andamento do negócio.
Em Guaratinguetá, onde ainda há uma turma em fase de conclusão dos cursos técnicos, cerca de 16 alunos bolsistas do Projeto Crescer capacitaram 50 catadores da Cooperativa “Amigos do Lixo” para despertar nestes agentes ambientais a Cultura de Segurança. Ofereceram, através de treinamento, informações sobre os diferentes tipos de resíduos, possíveis danos à saúde e ao meio ambiente, medidas preventivas a serem adotadas no dia-a-dia, além da apresentação de alternativas de reutilização e redução. Esta importante cooperativa contribui com a reciclagem de lixo na cidade e há quase dez anos é parceira da BASF, recebe da empresa cerca de 28 toneladas de papel reciclável por mês.
O início da formação para o empreendedorismo em Guaratinguetá aconteceu a partir de 2009.
Crescer – Academia de Ciência
Esta parceria da BASF com o Instituto Fernand Braudel tem seu foco em alunos do ensino médio, com vocação para a ciência. Desta forma, além de contribuir para a formação de jovens empreendedores, a empresa também atende às exigências do mercado incentivando a formação profissional na área de ciências. O programa terá início em 2009 e atenderá 90 jovens das escolas públicas parceiras de Guaratinguetá. O investimento anual estimado para este projeto é de aproximadamente R$170 mil.
Mais informações:
Joelma Amaral
Comunicação Social – BASF SA
55 11 3043 2326 / 55 11 7152 11 46
[email protected]

Inscreva-se em nossa newsletter e
receba tudo em primeira mão

Conteúdos relacionados

Entre em contato
1
Posso ajudar?