EDUCAÇÃO: parceria público-privada beneficia escolas municipais

EDUCAÇÃO: parceria público-privada beneficia escolas municipais

O Projeto Biotecnologia para a Sustentabilidade vai à Escola 2010, que prevê a difusão desse conceito tecnológico nas instituições públicas de ensino fundamental de Araucária, Região Metropolitana de Curitiba, começou as atividades esta semana, em uma iniciativa público privada.
Lançado em 2009 como piloto, o projeto está formando professores de 5ª a 8ª séries para que ensinem biotecnologia aos alunos na disciplina de ciências. A ideia é suscitar nos estudantes o gosto pela ciência e ampliar a compreensão relacionada à conservação do planeta, sustentabilidade e qualidade de vida.
As aulas de biotecnologia começarão em junho, em sete escolas da rede municipal. Os conteúdos programáticos já estão definidos e incluem a história da biotecnologia e suas aplicações na agricultura, pecuária, alimentação, energia, meio ambiente e saúde. Além das aulas práticas para demonstrar a utilização em produtos de uso diário como pães, iogurtes e
sucos, está prevista uma mostra de ciências que vai premiar o melhor trabalho de cada escola e envolver toda a comunidade escolar.
A Novozymes Latin America, multinacional fabricante de enzimas industriais, proverá os recursos necessários para a realização das atividades educacionais e materiais pedagógicos. Caberá à Secretaria de Educação de Araucária dinamizar o ensino.
Mais informações:
Fabio Riesemberg
(41) 3352-2099
(41) 9225-5230
[email protected]

Inscreva-se em nossa newsletter e
receba tudo em primeira mão

Conteúdos relacionados

Entre em contato
1
Posso ajudar?