CERTIFICAÇÃO – Grupo Santander Brasil amplia uso do papel certificado

CERTIFICAÇÃO – Grupo Santander Brasil amplia uso do papel certificado

O Grupo Santander Brasil  passou a utilizar papel certificado em todas as peças de comunicação e correspondências do Grupo. A ampliação faz parte das  práticas de Desenvolvimento Sustentável  adotadas internamente e já praticadas em toda a rede de agências dos bancos Santander e Real e nos prédios administrativos.
Há seis anos, o Banco Real optou por fazer uso de papel reciclado. Mas, nesse período, a indústria papeleira evoluiu rapidamente em direção ao desenvolvimento sustentável e estudos mostraram que o papel branco certificado tem desempenho ambiental equivalente ao reciclado. Por isso, desde fevereiro deste ano, ambos são utilizados nos prédios administrativos, agências, postos de atendimento bancário e filiais do Grupo Santander Brasil.
“Como usuários intensivos de papel fizemos questão de acompanhar de perto a evolução da indústria. Isso possibilitou fazer os ajustes necessários e a trabalhar também com o modelo branco certificado”, diz Linda Murasawa, superintendente de Desenvolvimento Sustentável. “Nesse momento, 100% das peças de comunicação produzidas são feitas em material certificado. Isso inclui merchandising, marketing direto, promoções, comunicação interna, eventos, entre outros, completa.”
Os papéis certificados são aqueles que possuem garantia de procedência da madeira utilizada; ou seja, de florestas plantadas com este fim. Para garantir a confiabilidade, as florestas são auditadas por organismos credenciados e recebem um selo verde, como o FSC (Forest Stewardship Council) – o mais reconhecido em todo o mundo, com presença em mais de 75 países e em todos os continentes.
Todo mês, o Grupo Santander Brasil usa 3.623 toneladas de papel. Em cada tonelada do tipo reciclado, são economizados três eucaliptos, 32 pinus e 98 mil litros de água. No processo de produção do papel certificado, a madeira utilizada vem de reflorestamento e manejo sustentável, a água é reutilizada e os resíduos da produção são reutilizados. Assim, o processo não demanda mata virgem e não desperdiça água. “A escala de uso de papel dentro de um banco com ampla rede de varejo é grande. Por isso, políticas de respeito ao meio ambiente, aliadas a campanhas de redução do consumo, são importantíssimas para diminuir o nosso impacto ambiental”, finaliza Linda.

Inscreva-se em nossa newsletter e
receba tudo em primeira mão

Conteúdos relacionados

Entre em contato
1
Posso ajudar?