A violência contra a mulher sob a perspectiva dos direitos humanos

A violência contra a mulher sob a perspectiva dos direitos humanos


Até 1990, qualquer discussão sobre direitos humanos no Brasil era tida como defesa de bandidos, uma mentalidade herdada da ditadura militar que assolou o País até 85. A partir desta data, progrediu nacionalmente o conceito dos direitos e deveres mais ligados ao ser humano e cada vez menos carregados de preconceito. É justamente sobre essa evolução que Maria Amélia de Almeida Teles conta, no novo livro da coleção “Primeiros Passos”, O que são os direitos das mulheres. O foco, porém, é o gênero feminino.
A autora observa que, antes, a questão da violência contra a mulher era vista como uma questão privada e, portanto, fora da jurisprudência do poder público. Descreve, então, quais são as diferenças de gênero, destacando que as desigualdades entre homens e mulheres não são casuais, e que, para melhor compreendidas, devem estudadas sob a ótica das ciências sociais, em especial a antropologia.
A agressão física contra a mulher, de acordo com Maria Amélia, é a forma mais recorrente de violação dos direitos humanos femininos. Pensando nisso, ela traça um panorama desse tipo de violência no Brasil e no mundo, oferecendo dados e contando experiências. Enfim, a autora se baseia no avanço atual das questões de direitos humanos para diagnosticar os próximos desafios na área.
O que são Direitos Humanos das Mulheres
Maria Amélia de Almeida Teles
Editora Brasiliense
127 páginas     R$ 16,00
www.editorabrasiliense.com.br

Inscreva-se em nossa newsletter e
receba tudo em primeira mão

Conteúdos relacionados

Entre em contato
1
Posso ajudar?