A miséria da urbanização acumulada em favelas

A miséria da urbanização acumulada em favelas


O crescimento das estruturas urbanas é constante e acelerado. Uma de suas conseqüências é a ampliação das favelas pelo mundo. Esse é o foco do livro Planeta Favela, do americano Mike Davis, que disseca o fenômeno dessas comunidades e sua trajetória global desde 1960. Por meio de análises históricas e geopolíticas, respaldadas por gráficos, tabelas e estatísticas, a obra reflete sobre o conceito de favelas e as classifica. São estimadas hoje em aproximadamente 200 mil, 15 mil apenas nas cinco maiores metrópoles asiáticas, Karachi, Mumbai, Délhi, Kolcata e Daca, somando uma população de mais de 20 milhões de habitantes nessas cidades.
Com uma visão técnica, concisa e direta, Davis denuncia que as favelas poderiam ter sido evitadas. Entre os pontos explorados no livro estão o papel do Estado na favelização, o embelezamento urbano, as medidas remediadoras que, em vez de solucionar, pioram as comunidades, problemas de exploração imobiliária, crime, auto-suficiência e relação com o meio ambiente. Como não podia deixar de ser, o autor problematiza as desigualdades sociais abissais nos países pobres, uma das causas da formação de favelas.
As cidades absorveram quase dois terços da explosão populacional global desde 1950, aponta o autor. O fato de a população urbana estar ultrapassando a rural é ressaltado por Davis não só como alarmante, mas um sinal de que as favelas tendem a inchar ainda mais nos próximos anos, recebendo mais e mais pessoas do campo.
Planeta Favela
Mike Davis
Boitempo Editorial
220 páginas     R$ 38,00
www.boitempo.com

Inscreva-se em nossa newsletter e
receba tudo em primeira mão

Conteúdos relacionados

Entre em contato
1
Posso ajudar?