Alcançando alto desempenho com o LEED

Por Debra Gondeck-Becker

Atualmente, a construção civil está começando a perceber mais benefícios nos esforços e investimentos feitos em relação à sustentabilidade. De acordo com o U.S. Green Building Council (USGBC), o Brasil está em quarto lugar na lista dos 10 principais países para certificação LEED (Leadership in Energy and Environmental Design), sistema de classificação de construções sustentáveis mais amplamente usado e reconhecido do mundo, concedido pela USGBC.

Essas iniciativas de sustentabilidade podem impulsionar e conduzir à redução de custos tangíveis por meio da melhoria da eficiência energética e operacional, ainda mais neste momento em que o Brasil passa por uma de suas piores crises hídricas e energéticas de sua história, o que tem causado graves consequências para a sociedade e torna cada vez mais necessária a colaboração e a criação de iniciativas que melhor apoiem o uso dos recursos.

Os benefícios do uso de soluções para eficiência energética em construções sustentáveis podem ir além da redução de custos. Pesquisas constatam a correlação positiva entre ambientes físicos de um hospital, por exemplo, e o desempenho dos funcionários e as condições dos pacientes. Um relatório de 2004 do Centro de Design de Saúde descobriu que as mudanças feitas no ambiente físico e no design de um edifício – tais como as condições de qualidade do ar e iluminação natural – levaram à redução do estresse e fadiga entre os funcionários, maior segurança do paciente e, como uma das consequências, a melhora do paciente.

De acordo com o Green Building Council (GBC), até o segundo trimestre de 2015, o Brasil contabilizou 966 edificações registradas no LEED. Em média foram sete certificações por mês e um projeto registrado a cada dois dias úteis do ano. Mais de 23,5 mil projetos em todo o mundo estão certificados com o LEED.

Caso o edifício de uma companhia tenha completado recentemente a expansão de suas instalações, de acordo com a certificação LEED e seus requisitos em sustentabilidade, o que se espera é: além dos benefícios ambientais, que a aplicação do LEED também melhore a experiência da companhia em relação aos seus funcionários, clientes e visitantes por meio do uso da iluminação natural, permitindo aos operadores das instalações supervisionarem a gerirem melhor as condições do ar-condicionado em todo o edifício e os múltiplos sistemas de construção, por meio de um sistema de gestão integrado que traga melhor eficiência operacional e uma experiência mais confortável dos usuários do ambiente.

Evolução das condições da construção

Apesar da adoção da certificação LEED e das novas tecnologias de construção sustentável, as organizações podem perder facilmente os ganhos com sustentabilidade e a eficiência operacional logo após a obtenção da certificação. Por essa razão, existe uma necessidade entre as empresas de assegurar que as instalações continuem a oferecer o máximo de desempenho e entregar o retorno esperado sobre o investimento. Mas atingir essa performance pode se tornar difícil sem uma maneira simples de medir e gerenciar o desempenho de um edifício.

Até mesmo um prédio mais sofisticado e eficiente passa por fatores ao longo do tempo que afetam o desempenho, tais como a degradação do sistema e as alterações de design. O aquecimento e a tecnologia de resfriamento, por exemplo, naturalmente se tornam menos eficientes devido aos rigores do uso diário. A degradação de equipamentos ou a falta de controle pode representar de 10% a 30% da energia utilizada em edifícios comerciais, de acordo com uma pesquisa da CABA (Continental Automated Buildings Association).

A maneira como os funcionários e visitantes se envolvem com as instalações também pode afetar o desempenho de um edifício. Por esta razão, é importante reforçar práticas sustentáveis como desligar dispositivos, desligar interruptores, mesmo quando são instalados sensores de presença, bem como adotar hábitos de reciclagem adequados.

Alcançar a excelência diária

Gerentes e equipes de instalação precisam ter uma percepção sobre o desempenho das empresas em relação à sustentabilidade para refinar as obras e obter um resultado ideal. A plataforma LEED Dynamic Plaque™ está permitindo que os gestores de instalações, funcionários e visitantes acompanhem o desempenho atual dos edifícios certificados em LEED, praticamente, em tempo real.

Esta solução exibe uma pontuação atualizada do desempenho que indica como o edifício está realizando as categorias que impactam a certificação LEED, incluindo energia, água, resíduos, transportes e a experiência humana. Esta placa é equipada por um software e um display que permitem aos proprietários de edifícios, gerentes de instalações, consultores e outros membros da equipe observar tendências e fazer melhorias significativas que poupem dinheiro e recursos dessa instalação. O equipamento funciona melhor colocado em um espaço de destaque no edifício, como um hall de entrada, onde sua imagem permite que os ocupantes do prédio, visitantes e funcionários avaliem rapidamente e entendam o desempenho atual do edifício em relação à sustentabilidade.

Recentemente, a Honeywell e a USGB anunciaram um esforço colaborativo para permitir a integração do sistema de gestão de edifícios Honeywell EBI (Enterprise Buildings Integrator) para alimentar a plataforma LEED Dynamic Plaque com tendências de dados, a cada 15 minutos. A visão proporcionada por essa solução pode ajudar os profissionais das instalações prediais a avaliar profundamente o desempenho, identificar rapidamente a causa de problemas e fazer planos para correção.

O uso de uma ferramenta como o LEED Dynamic Plaque pode chamar a atenção das equipes de instalação predial para uma mudança no desempenho do edifício, como o consumo de água, apontando a solução e, até mesmo, a necessidade de realizar uma comunicação interna para os ocupantes do local sobre a importância da conservação desse recurso. A visão proporcionada ainda permite que os ocupantes do prédio possam conectar seu comportamento ao desempenho em LEED necessário para aquela instalação.

Ferramentas que mostram o desempenho do edifício em tempo real podem parecer um conceito simples, mas o impacto sobre uma organização pode ser imenso, ajudando a assegurar que um edifício está cumprindo suas expectativas de desempenho. Sustentabilidade e certificação LEED não são compromissos que se adquirem de uma só vez, mas requerem ações recorrentes e precisam do engajamento dos proprietários, visitantes e funcionários de uma construção.

Os displays dessas plataformas podem fornecer informações imediatas para o gerente de uma instalação agir e servir como um lembrete importante para funcionários e visitantes de que eles estão em um ambiente saudável e sustentável. Pode ser um componente crítico para ajudar a melhorar o ambiente tanto do edifício quanto fora dele.

Debra Gondeck-Becker, líder da área de Construção da Honeywell Building Solutions.

Para mais informações sobre o LEED Dynamc Plaque,
acesse
www.leedon.io. Sobre como as soluções
da Honeywell, acesse:
http://hwll.co/leed




Compartilhar:
Tags:

 

twitter

Parcerias