Sustentabilidade, um diferencial para empreendedores

O elo entre o empreendedorismo e a liderança sustentável representa um diferencial competitivo para os jovens empreendedores que desejam ser donos do próprio negócio

destaque artigo fabio

Empreender é liderar. Sem liderança, dificilmente alguém vai conseguir mobilizar pessoas, investidores e recursos para tornar sua ideia realidade. E uma ideia, por melhor que pareça, se não contemplar soluções que visem ao desenvolvimento equilibrado da economia, da sociedade e do planeta, terá cada vez menos chances de sair do papel. Nesse contexto, o elo entre empreendedorismo e liderança sustentável representará um diferencial competitivo inegável para os 71% dos jovens brasileiros que desejam ser donos do próprio negócio.

Para entender o que chamamos de liderança sustentável, no entanto, primeiro é preciso compreender o conceito de sustentabilidade. Gro Harlem Brundtland, ex-primeira-ministra da Noruega, foi quem cunhou o termo, há quase 30 anos, em uma comissão da ONU, ao introduzir, no relatório Nosso Futuro Comum (1987), a ideia de um desenvolvimento que, para ser pleno, deveria satisfazer as necessidades das presentes gerações sem comprometer a capacidade das futuras de satisfazer as suas.

Já o consultor britânico John Elkington foi quem aplicou o conceito ao mundo corporativo e criou uma das definições mais aceitas até hoje, ao definir, no livro Canibais de Garfo e Faca (2001), o “tripé da sustentabilidade” (ou Triple Bottom Line). Segundo o especialista, uma empresa sustentável deve ser financeiramente viável, socialmente justa e ambientalmente responsável.

Para ler o artigo completo, acesse: https://www.santandernegocioseempresas.com.br/detalhe-noticia/sustentabilidade-um-diferencial-para-empreendedores.html




Compartilhar:

 

twitter

Parcerias