O desafio da gestão da sustentabilidade

Por Armando Valle

Em tempos de crise hídrica e consequente impacto no fornecimento de energia elétrica, somos diariamente desafiados a agir em prol da sustentabilidade. No passado, economizar água e energia, por exemplo, estava ligado à necessidade de reduzir custos. Hoje, é uma questão de consciência coletiva em relação à preservação de recursos naturais, em que as pessoas e as empresas exercem um papel fundamental. Em meio a esse cenário, o desafio está em como alinhar o discurso com a prática. Afinal, não basta parecer: é preciso ser sustentável.

E como uma empresa pode fazer sua gestão pensando na sustentabilidade? O primeiro passo é incorporar o conceito como pilar do negócio. Ou seja, a sustentabilidade deve fazer parte dos valores da companhia e estar inserida em todos os processos, práticas e produtos desenvolvidos. Dessa forma, atraímos pessoas com essa mesma consciência e formamos uma equipe integrada e orientada para a sustentabilidade.

Tal conscientização começa e se multiplica a partir da atuação do líder, que tem a responsabilidade de compartilhar conhecimento, engajar colaboradores e incentivar boas práticas em favor da cultura da sustentabilidade. Internamente, esses valores se sustentam quando a empresa investe e cria iniciativas efetivamente sustentáveis. Sistemas de tratamento e reaproveitamento de água, projetos para eliminar a geração de resíduos, cuidados para usar de forma eficiente a energia elétrica são alguns processos básicos, que a Whirlpool, por exemplo, já adota e que trazem uma contribuição enorme para o meio ambiente.

Mas só isso não é suficiente e a sustentabilidade não se pratica apenas da porta para dentro. É importante envolver e engajar também a cadeia de negócios, auditando e assegurando que todos sigam os critérios da economia verde. Na Whirlpool, esse processo já acontece com os fornecedores, o que é essencial para consolidar a sustentabilidade como um valor e gerar parcerias por afinidades de propósitos.

Já para ir além e fazer a diferença para a sociedade, é preciso combinar inovação e sustentabilidade no desenvolvimento de soluções concretas e que atendam às necessidades reais da população. A Whirlpool, considerada uma das empresas mais inovadoras do país, procura se reinventar constantemente e prover aos consumidores eletrodomésticos com alto nível de eficiência que consomem cada vez menos água e energia, fabricados com matérias-primas recicláveis e que minimizam o impacto ambiental.

O retorno de todo esse investimento em sustentabilidade é o reconhecimento pela preocupação com os pilares econômico, social e ambiental, bem como a reputação positiva que a empresa conquista junto aos stakeholders.

Fazer a gestão com foco na sustentabilidade é, de fato, um grande desafio para as companhias. Mas a chave para o sucesso é ter esse conceito e essa preocupação inseridos no DNA da empresa, com líderes engajados e cientes das oportunidades que a sustentabilidade pode trazer ao agregar valor às marcas, alcançar melhores resultados e garantir a perenidade do negócio.

Vice-presidente de Relações Institucionais, Sustentabilidade, Manufaturas,
BU Manaus e Comunicação Institucional da Whirlpool Latin America.




Compartilhar:
Tags:

 

twitter

Parcerias